Tecnologia

O que é e para que serve uma placa gráfica?

By  | 

Quando os primeiros computadores surgiram, todos e cada um dos elementos que componham a sua estrutura era vendidos em separado ou conectados à placa-mãe de formas diferentes. Não existia a diferença entre componentes "integrados" ou "dedicados". As portas de expansão, as placas de som, as diferentes placas gráficas eram considerados elementos dedicados.

Com o passar do tempo, os fabricantes de processadores e placas gráficas deram conta que nem todos os utilizadores requeriam a máxima potência dos elementos dos seus computadores e graças à tecnologia começaram a usar placas gráficas de baixa qualidade, mas que cumpriam a sua função. Surgiam então as placas gráficas integradas.

As placas gráficas integradas são portanto distintas das placas de vídeo dedicadas. Queres conhecer o que é uma placa gráfica exatamente? Qualquer dúvida que tenhas poderás explicitá-la nos comentários.

Desempenho da placa gráfica

Fonte Pplware

O que é uma placa gráfica?

Digamos que uma placa gráfica é o elemento do computador responsável por tudo aquilo que envolve o ecrã.  Hoje em dia todos os computadores utilizam uma interface gráfica, e é a placa gráfica que permite que a interface seja vista pelo utilizador através do ecrã. A placa gráfica processa a imagem e nela ligamos o monitor, ou projetor e todos os outros dispositivos de vídeo.

A placa gráfica é composta por vários elementos como a memória, o dispositivo da memória, o dispositivo gráfico e também o GPU (Graphic Processing Unit). O GPU é o mais importante porque vai determinar o normal funcionamento da placa. Vejamos agora as principais diferenças entre as placas gráficas dedicadas e as placas gráficas integradas.

As principais diferenças entre placas gráficas dedicadas e integradas

Os primeiros passos para a consolidação das placas gráficas integradas saíram das primeiras placas-mãe. A sua qualidade era extremamente pobre e o mais recomendável era comprar uma placa gráfica separada.

No entanto, com os avanços tecnológicos estas começaram a estar incorporadas na placa-mãe e por isso são designadas como placas gráficas integradas. Tudo consiste em incluir um chip gráfico junto ao chip do processamento dentro de um processador. O mais surpreendente é que assim a potência da placa gráfica será suficientement capaz de satisfazer a maioria dos geeks que não sejam demasiado exigentes.





É importante realçar que existem grandes diferenças entre as placas diferenças entre as placas gráficas dedicadas e as placas gráficas integradas devido aos motivos que comentaremos a seguir.

Desempenho da placa gráfica

Fonte Xataka

Placas gráficas integradas

Existem dois tipos de placas gráficas integradas: no processador e na placa-mãe. Os chips na placa-base são extremamente debéis e estão a cair em desuso para dar passo à sua versão no processador, que é mais potente.

Aliás existem várias limitações que impedem que os chips gráficos integrados alcancem uma potência considerável:

  • Os chips costumam ser de grande tamanho, dado que dispõem de grande quantidade de transistores específicos. A limitação do espaço em que se encontram nos processadores leva à ampliação do socket, algo que pode ser uma restrição pelos problemas de espaço geradas.
  • A potência requerida provoca um aquecimento excessivo do chip. Se a isto lhe adicionamos o aquecimento da CPU encontramos um chip excessivamente instável.

Tarjetas gráficas dedicadas

Qualquer utilizador que tenha certas necessidades básicas e pretende jogar a um videojogo com algum conteúdo em 3D, renderizado ou uso contínuo de qualquer programa de desenho gráfico, é preferível que coloque a sua atenção sobre uma placa gráfica dedicada, mesmo quando falamos de computadores portáteis.

As vantagens das placas gráficas dedicadas são as limitações das placas gráficas integradas. Não existem problemas de espaço, desde que se coloquem ranhuras PCI-x, que se poderão extrair de maneira simples sejam em portáteis, como em computadores de escritório.

Desempenho da placa gráfica

Fonte Profesional Review

Desta maneira, ao conter mais espaço, os sistemas de refrigeração que incorporam são também dedicados e sobressalientes, permitindo à placa gráfica manter-se a uma temperatura adequada mesmo com a máxima potência.

Qual a placa gráfica mais adequada para mim?

Esta é talvez a pergunta que estejas a colocar neste momento. Todavia a placa gráfica mais adequada para ti vai depender muito das tuas necessidades enquanto usuário. Se queres jogar, mesmo que seja um jogo relativamente antigo, é recomendável adquirir uma placa gráfica dedicada, nem que seja uma mais barata. Pelo contrário, para os usuários que utilizam o computador para simplesmente navegar pela internet, poderão poupar muito mais dinheiro ao adquirir uma placa gráfica integrada.

Comments

comments

[was-this-helpful]

Olá! Eu sou o Marcelo, um cinéfilo assíduo e um treinador de Pokémon competente e penso ter descoberto todos os segredos do mundo geek.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.